Quando se fala de Porto, vinho tinto é a expressão que surge. As uvas brancas eram mais usadas para tornar o vinho tinto mais leve, do que propriamente para produzir vinho branco. Hoje, com o aperfeiçoamento das técnicas vinícolas e a rigorosa seleção das melhores castas (Viosinho para dar corpo, sensualidade e aroma, Rabigato para frescor e acidez, Arinto para o gosto mineral, elegância e fineza e Codega para o fruto maduro e volume), a Casa Ramos Pinto mostra sua excelência ao produzir esse Vinho do Porto complexo e intenso. Suas cores cítricas e douradas revelam gostos e aromas de frutos maduros, por vezes secos, com deliciosas interferências de outros aromas mais jovens e alegres. É um vinho com cerca de 100 gramas de açúcar por litro.
Notas do Produtor:
Aroma ao mesmo tempo fino e intenso, cítrico com notas de mel e amêndoas.
Em boca, o ataque é fresco, delicado e seco, com sabor da fruta fresca.

« Voltar